Como emitir 2 via IPTU? Confira agora!

Na vida do brasileiro, o pagamento de certos impostos acontece de forma bastante recorrente. Vemos isso muito bem, por exemplo, quando alguém tem um carro. Essa pessoa precisa pagar certas quantias e taxas para isso. Também é importante considerar as taxas de pedágio, IPTU e outros itens importantes.

IPTU

Um dos mais famosos é o IPTU (Imposto Territorial Urbano), um valor a mais que deve ser pago por ser o dono legal de alguma obra. Acontece de forma muito simples, mas algumas informações devem ser claras para que você não tenha problemas com isso.

Aqui vamos tratar disso um pouco, afinal, esse imposto pode chegar até você de alguma forma, seja você inquilino ou dono de uma casa ou outro estabelecimento.

O que é IPTU?

Como o nome indica, é um imposto para imóveis construídos no meio urbano. É cobrado anualmente para casas, edifícios ou qualquer outro estabelecimento comercial.

Dessa forma, quem vai fazer o pagamento deve fazê-lo acompanhando todos os imóveis que ela tem em seu nome, ou seja, se você tem um prédio, paga um imposto, se você tem dois, você paga dois, e assim sobre.

Claro, há certas informações que devem ser esclarecidas aqui. Você não paga IPTU por um terreno não urbanizado, porém, você paga o ITU (Imposto Territorial Urbano), e se for fora da área urbana você paga o Imposto Territorial Rural.

Para saber como isso deve ser feito, é importante ter em mente o cálculo do IPTU para saber exatamente quanto você terá que pagar anualmente. É um valor que considera o preço do imóvel e esse valor também sofre alterações anualmente

Quem deve pagar o imposto sobre a propriedade?

Todos os proprietários de imóveis em área urbana devem pagar o IPTU. No entanto, isso não significa que o proprietário deva fazer esse pagamento diretamente. Em muitos casos de arrendamento é importante que tenha a noção de que o inquilino também pode efetuar este pagamento, desde que haja acordo prévio.

Também há casos de pessoas que estão isentas do pagamento desse imposto. Em algumas cidades, por exemplo, aposentados e pensionistas podem pagar um valor menor, em outras é possível observar que isso não acontece, mas há isenção de acordo com o valor do imóvel!

Como pagar o IPTU?

Para pagamento do IPTU você pode comparecer a qualquer uma das agências que fazem isso. Na verdade, é bem simples, você pode fazer isso a partir de um aplicativo de banco ou até mesmo de um sorteio.

Você pode fazer um cálculo rápido para saber exatamente o valor que vai precisar pagar, aliás, esse é o mais recomendado, é importante poder trabalhar com essas ferramentas porque você pode fazer um cálculo básico de quanto vai gastar durante o processo.

Você viu? É muito simples e pode ser feito até pela internet, o que facilita muito a vida do contribuinte. Porém, se você tiver algum problema de pagamento, pode tentar entrar em contato com o banco ou, se necessário, com a prefeitura.

Consequências do atraso ou não pagamento do IPTU?

Primeiro, se você atrasar o IPTU, terá que pagar uma multa. Nesse caso, se você não entrar com a ação, pode ter problemas com multas e até juros mais altos, mas essa é apenas a parte mais leve do processo, você também pode não pagar, então as consequências são ainda mais complicadas.

Se você não pagar, o processo é mais longo. A prefeitura será avisada e de alguma forma entrará em contato com a pessoa para fazer o pagamento rapidamente. Se você não receber, terá que pagar multas e seu CPF ficará “sujo”. Portanto, não será tão fácil conseguir empréstimos.

O pior acontece se você continuar sem pagar. A prefeitura pode ir à Justiça e pedir que sua casa seja leiloada para que o pagamento da dívida seja baixado. Para que isso não aconteça, a prefeitura costuma oferecer pacotes de parcelamento de dívidas, com descontos nas multas.

De certa forma você terá todos os métodos possíveis para que não tenha problemas com isso, porém, se isso acontecer, se você for o único contribuinte em uma família com baixa renda, pode alegar não poder, assim como ambos impostos e imposto sobre a propriedade podem ser isentos, conforme declarado acima.

Como emitir o 2 via?

Para emitir o IPTU duplicado, você precisa usar a senha da web. É uma forma de confirmar que tudo está acontecendo de acordo com a lei e que você é o responsável por solicitar esta segunda via.

A boa notícia é que, como o processo ocorre pela internet, você pode usar isso para fazer algo mais rápido e prático, mas fique atento a cada etapa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *