O que é Seguro Desemprego e como funciona

Alguns dos benefícios que um trabalhador desempregado pode receber são estimulantes e podem dar-lhe tempo para encontrar um novo emprego. Um dos mais famosos é o seguro-desemprego, que consegue deixar o trabalhador à vontade por algum tempo.

Muitos, porém, não conhecem esse recurso tão amplamente, e é por isso que o artigo em questão ajudará muito na construção de algo mais elaborado, dando acesso a informações muito importantes.

O que é seguro desemprego e como funciona

Seu funcionamento é muito simples. Em primeiro lugar, foi criado para atender um grande número de trabalhadores que acabam sendo demitidos.

Seguro desemprego

Foque muito nisso, você precisa ser demitido, seja por contrato ou por assinatura direta da carteira. Depois disso, é possível solicitar o valor do seguro. Isso pode variar muito, mas suas parcelas podem chegar até 5 meses.

Ou seja, em 5 meses, mesmo que você esteja desempregado, você receberá uma determinada quantia em função da demissão.

Como consultar

A consulta pode acontecer através da plataforma “Emprega Brasil” onde você terá acesso a diversas informações úteis sobre as parcelas do último aplicativo, então você também poderá ter uma base para as que receberá agora.

Geralmente não é necessário fazer um longo processo para receber, falaremos mais sobre isso a seguir. No entanto, a consulta poderá indicar-lhe a data em que começará a receber e se existe algum impedimento para o fazer.

Leia também:

Como se inscrever para o seguro-desemprego

Existem 3 maneiras de se inscrever para o benefício. Primeiro, trabalhe com os formulários mais simples, que vêm da internet. Aqui é possível fazer o cadastro pelo site do Governo Federal ou por um aplicativo denominado: Portfólio de Obra Digital.

Há também a oportunidade de contato com a Superintendência Geral do Trabalho, órgão público voltado para esses temas.

Como agendar seguro desemprego

Se o seu desejo é agendar, escolha a opção de entrar em contato com a Superintendência, pois você poderá conhecer as oportunidades.

Ah, mas também vale lembrar que o processo pode ser feito a partir do site: https://www.gov.br/pt-br/servicos/solicitar-o-seguro-desemprego. Nele, basta acessar o agendador para ter acesso à opção.

Como solicitar extensão de seguro desemprego

Se você ainda não sabia, fique atento que durante a pandemia o governo federal passou a investir em alguns pontos para que o trabalhador demitido tivesse alguma segurança por um certo tempo.

A extensão do seguro-desemprego foi uma delas. É possível se inscrever acessando o site do governo federal ou pelo aplicativo da carteira de trabalho digital, em ambos os casos não é nada complicado!

Quem tem direito ao seguro desemprego

Os trabalhadores da CLT foram dispensados ​​após um período de tempo. Este período é variável, por isso é importante prestar atenção a ele. Falaremos mais sobre ele a seguir.

Em primeiro lugar, é essencial que você tenha trabalhado por pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses. Após a primeira aplicação do seguro, as demais irão diminuir o tempo necessário para sua aplicação, chegando a até 6 meses em um espaço de 18.

Entenda também que o valor das parcelas pode variar de acordo com o tempo de serviço e quantas vezes o seguro foi solicitado. Leve esse fator em consideração toda vez que decidir fazer um pedido, ele pode ser bem maior de acordo com o tempo, são oferecidas em até 5x!

Pagamento

A primeira parcela do seguro-desemprego é obtida a partir de 30 dias após o pedido, as demais acontecerão mensalmente.

Pode inscrever-se através da aplicação “Carteira Digital de Trabalho” ou dirigir-se a uma agência da Caixa mais próxima.

Como já foi dito, tanto o valor quanto a quantidade de parcelas dependerão da forma de recebimento, da quantidade de recursos captados e também do tempo exato de atendimento naquele ano.


O recebimento desse recurso é altamente esperado, pois é simples e prático de fazer e garante ao trabalhador dispensado tempo para poder se associar a outra empresa ou até mesmo criar seu próprio negócio.

Quanto mais tempo de trabalho você tiver no portfólio, mais fácil é receber e maiores as parcelas, por isso é tão importante ficar firme no emprego também, ou seja, para muitos desistir não é bom, porque acaba sendo frustrante ter que lidar com a retirada de vários benefícios.

De qualquer forma, o seguro-desemprego pode acontecer de forma simples e rápida, desde que o trabalhador solicite corretamente e, claro, tenha cumprido todas as exigências durante o ano. Em certos momentos é necessário provar, mas não é muito extenso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *